• Dr. Leonardo Albuquerque

Cirurgia de Orelha


Otoplastia


Se orelhas salientes ou desfiguradas incomodam você ou seu filho, pode-se considerar a cirurgia plástica. Cirurgia da orelha – também conhecida como otoplastia – pode melhorar a forma, a posição ou as proporções das orelhas.



A OTOPLASTIA TRATA ESPECIFICAMENTE


• Orelhas muito grandes – uma condição rara chamada macrotia; • Orelhas salientes que ocorrem em um ou ambos os lados em diferentes graus – não associados à perda auditiva; • Insatisfação do adulto com a cirurgia prévia da orelha.



É INDICADA PARA MIM?


A otoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.



CRIANÇAS BOAS CANDIDATAS À OTOPLASTIA SÃO


• Crianças saudáveis, sem doença com risco de vida ou com infecções crônicas não tratadas de ouvido; • Geralmente crianças com cinco anos de idade, ou quando a cartilagem da orelha já é estável o suficiente para a correção; • Crianças cooperativas e que sigam as recomendações médicas; • Crianças capazes de expressar o que sentem e não manifestam objeções durante a discussão da cirurgia.



ESTEJA PREPARADO PARA DISCUTIR


• A razão pela qual quer fazer a cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado; • Condições médicas, alergia medicamentosa e tratamentos médicos; • Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas; • Cirurgias prévias.



FAÇA PERGUNTAS


É muito importante fazer perguntas ao cirurgião sobre o procedimento. É natural que sinta um pouco de ansiedade, seja expectativa com a nova aparência ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir estes sentimentos com o cirurgião plástico.



FAÇA PERGUNTAS AO CIRURGIÃO PLÁSTICO


Use esta lista como um guia durante a consulta: • Você é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica? • Você foi treinado especificamente no campo da cirurgia plástica? • A instalação do centro cirúrgico em seu consultório é autorizada pela Vigilância Sanitária? • Quantos procedimentos deste tipo já realizou? • Sou um bom candidato a este procedimento? • O que se espera de mim para que os melhores resultados sejam obtidos? • Onde e como o procedimento será realizado? • Qual o tempo de recuperação e que tipo de ajuda vou precisar durante minha recuperação? • Quais são os riscos e as complicações associados a este procedimento? • Como são tratadas as complicações?


SUA SATISFAÇÃO VALE MAIS QUE OS CUSTOS DA CIRURGIA


Ao escolher um cirurgião plástico para realizar este procedimento, lembre-se de que a experiência do cirurgião e seu bom relacionamento com ele são tão importantes quanto o custo final da cirurgia.



Fonte: SBCP


7 visualizações
© 2020 por Dr. Leonardo Albuquerquer